Médico do hospital de Portimão distinguido pela rainha da Suécia

por Ana Sofia Rodrigues/Vedin Trhulj

Edição On-line: José António Fonseca

Um médico que trabalha no Centro Hospitalar do Algarve foi distinguido pela Rainha da Suécia. O especialista sueco desenvolveu um método, não invasivo, para o tratamento da otite serosa, que é a causa mais frequente da perda auditiva das crianças. O método, que foi testado no hospital de Portimão, permitiu tratar, sem cirurgia, 80 por cento dos casos.