Play - Visita Guiada

Castelo de Vide

ep. 30 35m

Magazines

Todo o público

Castelo de Vide, no Alto Alentejo, é uma vila tão encantadora que é difícil imaginá-la palco de situações idênticas às que ocorrem hoje nas fronteiras da Europa com os refugiados. Mas aconteceu. Até ao final da década de 80 de 1400, viviam cerca de 15 famílias judias em Castelo de Vide. Como no resto do país, por decreto régio, habitavam num bairro próprio e vestiam-se de forma a serem distinguidas dos cristãos. Mas o ambiente entre comunidades era, genericamente, pacífico. A partir de 1492, com o Édito de Expulsão emitido pelos Reis Católicos, cerca de cinco mil judeus chegaram a Castelo de Vide. Entre eles, os pais dos célebres Garcia de Orta e Bento Espinosa. Mal sabiam estes refugiados que, no espaço de quatro anos, um édito congénere seria emitido em Portugal, uma velha nação amiga. Caminhando pela Judiaria de Castelo de Vide, impecavelmente preservada, e na visita à sua Sinagoga, a investigadora Susana Bastos Mateus faz-nos recuar aos anos das perseguições aos judeus ibéricos, que foram convertidos à força ou obrigados a emigrar para países menos agressivos com eles.

duração total 35m
posição atual:
ir para o minuto: