Posi�ao Corrente: minutos e segundos
Ir para o Minuto:
Play - Cuidado com a Língua!

Cuidado com a Língua! (IX)

Panteão Nacional | 09 Out, 2017 | Episódio 13

Qual a origem da expressão «obras de Santa Engrácia»? E qual a ligação da igreja que lhe deu o nome com o Panteão Nacional, em Lisboa - em foco neste novo episódio do "Cuidado com a Língua!". E porquê, precisamente, o termo "panteão"? Outras curiosidades relacionadas com este monumento perpetuador da memória de personalidades marcantes em várias áreas da sociedade portuguesa: a diferença entre um "cenotáfio" e um "túmulo" ou o que têm em comum as palavras "lápide", "lapa", "lapidar" e "lápis; ou "ilustre" e "lustre". Ou, ainda, "falecer", "falecimento" e "faltar". Por último: porquê a expressão «libertar-se da lei da morte»? É um espaço didático e ao mesmo tempo informativo e lúdico, divertido e com algum humor q.b.. Com um tema por emissão (dividido em módulos), mas com a flexibilidade de tratar um só assunto, sempre que a importância, as necessidades de abordagem ou a atualidade assim o aconselharem. Apresentado pelo ator Diogo Infante e com a locução da jornalista Maria Flor Pedroso, cada programa tem sempre um convidado (atores ou especialistas no tema abordado), combinando cenas ficcionadas, com imagens de atualidade e outras de arquivo ou filmes, grafismo, animação, diagramas, vídeo e efeitos sonoros apropriados. A montagem acentua a vivacidade de uma língua tão variada como a nossa.
Com um fio condutor entre os vários módulos temáticos, e jogando o mais possível com a atualidade (uma palavra/erro na moda, algo que ver como mês, o tempo, a política e não só, etc.), o programa articula-se em rubricas.