Conversa Capital com Pedro Amaral Jorge, Presidente Associação Portuguesa de Energias Renováveis

por Antena1

O presidente da Associação Portuguesa de Energias Renováveis não compreende como o tema da transição energética não faz parte da campanha eleitoral.

Em entrevista à Antena1 e ao Jornal de Negócios, Pedro Amaral Jorge fala em perplexidade e espanto para avaliar o silêncio dos partidos sobre a transição energética, sobretudo face aos ganhos que os investimentos nas renováveis vão trazer, tanto ao nível do investimento, como da criação do emprego com impacto no PIB

Pedro Amaral Jorge lembra que ainda há muito trabalho para fazer e aponta o licenciamento como um dos principais problemas. Diz mesmo que se não se criar um sistema uniforme e claro de licenciamento, Portugal não vai cumprir as metas de descarbonização previstas. Refere que não pode haver municípios a criarem regulamentos contra as renováveis, como está a acontecer.

Neste sentido, lamenta que o governo não tenha dotado as instituições afetas a estas áreas, com mais meios humanos e financeiros. Reitera que se isso não acontecer, as metas estão em risco. O presidente da APREN considera que mais do que diminuir a carga fiscal das empresas, o que é necessário é dar incentivos aos consumidores.

Entrevista conduzida pelos jornalistas Rosário Lira, da Antena1 e Ana Sanlez do Jornal de Negócios.
pub