Jazz no Parque vai reunir músicos locais e "grandes nomes internacionais" no Barreiro

| Cultura

O festival Jazz no Parque vai reunir os músicos Bobo Stenson, Jakob Bro, Mário Laginha, Ricardo Toscano e Alexandre Frazão, no Parque da Cidade do Barreiro, nos dias 28, 29 e 30 de junho, anunciou hoje o município.

A primeira edição do Jazz no Parque, organizado pela Câmara Municipal do Barreiro, no distrito de Setúbal, em parceria com a Escola de Jazz do Barreiro, reúne "concertos de grandes figuras que se destacam no jazz mundial", lê-se no comunicado hoje divulgado.

O trio do pianista sueco Bobo Stenson, com Anders Jormin, no contrabaixo, e Jon Fält, na bateria, inaugura o primeiro dia, sexta-feira, 28 de junho, que conta também com a atuação do Sexteto de Jazz de Lisboa e Mário Laginha.

No sábado, a Big Band da Escola de Jazz do Barreiro, o trio do guitarrista dinamarquês Jakob Bro, com o músico norte-americano Thomas Morgan e o baterista norueguês Jon Christensen, mais o quarteto do saxofonista Ricardo Toscano animam o parque, no segundo dia de concertos.

O quarteto do vibrafonista Eduardo Cardinho, com João Barradas, André Rosinha e Bruno Pedroso abrem os concertos do último dia.

O trio TGB (Tuba, Guitarra e Bateria), que congrega o baterista Alexandre Frazão (também conhecido pelo trabalho com os Dead Combo, que o município destaca), o guitarrista Mário Delgado e Sérgio Carolino, em tuba, encerra o programa da primeira edição do Jazz no Parque.

A vereadora da Câmara Municipal do Barreiro Sara Ferreira explica, no comunicado hoje divulgado, que "este projeto pretende ser uma bandeira na área cultural" da cidade, colocando "lado a lado, os artistas do concelho e os grandes nomes internacionais do jazz".

Oficinas de jazz, abertas ao público, com técnicas de improvisação, percussão corporal, jogos vocais e composição em tempo real completam as atividades dos três dias de concertos, de entrada gratuita.

 

Tópicos:

Barradas André Rosinha, Bobo Stenson Jakob Bro Laginha Toscano, Delgado, Jazz Barreiro, Sexteto, TGB Tuba Guitarra,

A informação mais vista

+ Em Foco

Um dos nomes mais importantes da arte contemporânea está a preparar uma intervenção artística em Portugal. O criador chinês Ai Weiwei acredita que, no futuro, Hong Kong e Macau não vão ser controlados pela China.

Em entrevista à Antena 1 e ao Negócios, o secretário de Estado adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, diz que um entendimento à esquerda é mais natural.

    Começa a legislatura do Parlamento Europeu saído das últimas eleições. Conheça aqui os eurodeputados portugueses e as suas prioridades.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.