CGTP não tem problemas em assinar acordos, desde que sejam valorativos para os trabalhadores

por RTP

A FECTRANS, afecta à CGTP ficou fora da greve, conseguindo depois um entendimento com a ANTRAM. Este domingo à noite, em entrevista ao Jornal 2, Arménio Carlos recusou a ideia de ter feito uma cedência ao patronato ou ao Governo, deixando criticas à forma como foi conduzida esta greve.

Arménio Carlos afirma os trabalhadores ficaram a ganhar e recusa a ideia de favores a patrões ou ao Governo, a quem de resto não poupa críticas neste processo.

Para a CGTP há mais problemas: a lei laboral.

A semanas das legislativas António Costa pode ainda vir a sentir o protesto ruidoso da CGTP.