Em direto
Euro2024. Acompanhe aqui, ao minuto, o encontro do Grupo B entre Espanha e Croácia

Contribuintes e utilizadores vão pagar grandes obras públicas

por RTP

António Pires de Lima considera que a decisão de retirar as portagens nas ex-SCUT é motivada pela fragmentação política do Parlamento e não vê racionalidade económica na medida.

O antigo ministro da Economia e atual presidente da Brisa defende que o Estado deve ficar com uma participação na TAP que permita algum controlo. Declarações feitas no programa Tudo é Economia, da RTP3.
pub