Financiamento do Estado desceu para 1,5 mil milhões de euros até maio, de acordo com Banco de Portugal

| Economia

O financiamento das administrações públicas recuou para 1,5 mil milhões de euros nos primeiros cinco meses deste ano, abaixo dos 3,2 mil milhões de euros registados em igual período de 2018, divulgou hoje o Banco de Portugal.

Desde o início deste ano, as administrações públicas financiaram-se no exterior e junto de residentes (exceto bancos) em 4,1 mil milhões de euros e 0,5 mil milhões de euros, respetivamente.

Em contrapartida, o financiamento das administrações públicas junto de bancos residentes foi negativo em 3,1 mil milhões de euros, refere o Banco de Portugal.

O financiamento através de títulos foi de 7,7 mil milhões, "valor que mais do que compensou o financiamento através de empréstimos líquidos de depósitos (-6,3 mil milhões)", segundo a mesma fonte.

A informação mais vista

+ Em Foco

Milícias separatistas apoiadas e armadas pelos Emirados Árabes Unidos tomaram a capital do sul, reforçando a sua posição face aos antigos aliados sauditas.

    Dois anos depois do grande incêndio de Pedrógão, a floresta continua por ordenar e o Governo conta com pelo menos uma década para introduzir as mudanças necessárias.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.