Governo admite que economia portuguesa deverá abrandar

| Economia
Governo admite que economia portuguesa deverá abrandar

A ver: Governo admite que economia portuguesa deverá abrandar

O Governo assumiu que a economia portuguesa irá crescer menos do que o esperado. O Executivo entregou no Parlamento e enviou para Bruxelas o Programa de Estabilidade onde prevê que Portugal irá crescer 1,9 por cento este ano, três décimas abaixo da estimativa que constava no Orçamento do Estado.

Para 2020 a previsão é do crescimento da economia portuguesa a manter-se em 1,9 por cento.

Quanto ao défice orçamental, mantém-se a meta de 0,2 por cento, apesar de a economia crescer menos.

A partir de 2020 o Governo prevê que o défice desapareça e o Estado tenha um excedente de 0,3 por cento nas contas, excedente que, segundo o Executivo, irá aumentar nos anos seguintes.

A informação mais vista

+ Em Foco

Declarações exclusivas de Valdemar Alves ao Sexta às 9, que se debruçou sobre a reconstrução após os incêndios de 2017.

O realizador italiano tinha 96 anos. Além do cinema, deixou marcas no teatro e na ópera mundial.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.