Governo cria rede de 310 postos prioritários de abastecimento

| Economia
Governo cria rede de 310 postos prioritários de abastecimento

Foto: Tiago Petinga - Lusa

O Governo anunciou quarta-feira a criação de uma rede de 310 postos prioritários de abastecimento no país e afirmou que os serviços mínimos da greve dos motoristas de matérias perigosas serão alargados a todo o território.

No final de uma reunião da Concertação Social, o ministro do Trabalho, Vieira da Silva, disse que será criada uma rede com cobertura nacional de 310 postos de abastecimento prioritário que serão assegurados, caso seja necessário, pelas forças de segurança.

Os postos "destinam-se prioritariamente a serviços essenciais de apoio à comunidade" como é o caso de serviços médicos, de transporte de doentes ou de medicamentos, mas que "também poderão abastecer particulares", disse Vieira da Silva.

"Muito em breve" será conhecida essa rede que foi definida pelo Ministério do Ambiente, acrescentou.

O jornalista João Vasco registou as declarações do ministro Vieira da Silva.

A informação mais vista

+ Em Foco

É até hoje a mais icónica das aventuras da exploração espacial. Há 50 anos, o Homem chegava à Lua à boleia da NASA. Percorrermos aqui todos os detalhes da missão, dia a dia.

    O programa Artemis, da NASA, tem como objetivo regressar ao satélite natural da Terra e, simultaneamente, preparar a viagem a Marte.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.