Gulbenkian vende Partex por cerca de 555 milhões de euros a empresa pública tailandesa

| Economia

|

A Fundação Gulbenkian assinou hoje um acordo para a venda da Partex com a PTT Exploration and Production, empresa pública tailandesa de exploração e produção de petróleo, por 622 milhões de dólares (cerca de 555 milhões de euros).

Em comunicado hoje divulgado, a Fundação Gulbenkian informou que "a operação terá um valor de 622 milhões de dólares, sujeita aos ajustes habituais nestas transações", sendo que "o acordo seguirá agora o habitual processo de autorizações, que deverá estar concluído até final do ano".

A Fundação Gulbenkian já tinha anunciado a intenção de sair do negócio da exploração de petróleo, com ativos avaliados em cerca de 457 milhões de euros, um negócio criado em 1938 pelo seu fundador, Calouste Gulbenkian.

A Gulbenkian desfaz-se da Partex e dos combustíveis fósseis em nome da sustentabilidade. A Fundação sublinha que a área do petróleo exige grandes investimentos e por isso passa o negócio a quem tem essa capacidade financeira.

Tópicos:

PTT Exploration,

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi há 50 anos que o Homem partiu para a Lua. De Cabo Canaveral, nos EUA, seguiram três astronautas para colocar os nomes na história da humanidade.

Ouvido pela RTP, o artista chinês mostra-se convicto de que Hong Kong e Macau não serão, no futuro, controlados pela China.

Começa a legislatura do Parlamento Europeu saído das últimas eleições. Conheça aqui os eurodeputados portugueses e as suas prioridades.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.