Impresa vende sede ao Novo Banco por 24,2 ME e financia obra de expansão

| Economia

A Impresa vendeu a sede em Paço de Arcos, Oeiras, ao Novo banco, a quem depois aluga novamente o edifício por 10 anos, uma operação de 24,2 milhões de euros, foi hoje anunciado ao mercado.

Fonte oficial da empresa dona da SIC e do Expresso explicou à agência Lusa que "esta operação servirá para pagar o empréstimo obrigacionista e para financiar a obra de expansão do edifício Impresa", que receberá a SIC.

"A Impresa - Sociedade Gestora de Participações Sociais alienou o edifício Impresa, em Paço de Arcos (Oeiras), ao Novo Banco, e que foi tomado em locação financeira pela Impresa, por um período de 10 anos. O montante envolvido na operação foi de 24,2 milhões de euros", anunciou a empresa num comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Em julho de 2014, a assembleia-geral de acionistas do grupo Impresa aprovou a contratação e emissão de um empréstimo obrigacionista até 30 milhões de euros, pelo prazo máximo de quatro anos, que vence, então, este ano.

Há cerca de um ano a Impresa cancelou a emissão de obrigações a subscrever por investidores qualificados num montante que podia chegar aos 35 milhões de euros, devido a alterações no setor dos media.

Até ao final do ano está a previsa a ida da SIC, atualmente em Carnaxide, para o edíficio Impresa, nas instalações de Paço de Arcos.

Tópicos:

Impresa Paço, SIC Impresa Gestora,

A informação mais vista

+ Em Foco

O antigo procurador-geral da República do Brasil revelou à RTP que já recebeu várias ameaças de morte e defendeu uma reforma profunda do sistema político brasileiro.

Quando Ana Paula Vitorino indicou Lídia Sequeira, a economista ainda era gerente da sua empresa, o que viola a lei em matéria de incompatibilidades e o dever de imparcialidade.

Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

    O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.