Inflação em Espanha sobe para 2,3% em Abril

| Economia

O Índice de Preços no Consumidor (IPC) espanhol aumentou em Junho 2,3%, em relação a um ano antes, e mais duas décimas do que em maio (2,1%), explicado pelo aumento dos preços dos combustíveis e da fruta e legumes.

A informação publicada hoje pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE) espanhol confirma o valor avançado há duas semanas e significa a subida anual dos preços mais elevada desde abril do ano passado e uma inflação positiva há 22 meses consecutivos.

A inflação subjacente - sem choques temporários, como o preço do petróleo e dos bens alimentares não transformados - diminuiu uma décima, para 1,0%, ficando 1,1 pontos percentuais abaixo do aumento do IPC (2,1%).

O IPC mede o custo médio de um 'cabaz' de bens e serviços representativo do consumo final das famílias.

Tópicos:

IPC %, Madrid,

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.