Lista de agricultores afetados e montantes pagos pelo Estado divulgada esta semana

| Economia

|

O ministro da Agricultura, Capoulas Santos, anunciou hoje que até ao final da semana estará disponível para consulta a lista dos 25 mil agricultores apoiados pelo Estado na sequência dos fogos de 2017 e respetivos montantes.

A lista ficará acessível no 'site' do IFAP - Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas, precisou o governante, que falava hoje numa audição parlamentar na comissão de Agricultura e Mar.

"Serão publicados todos os nomes de todas as 25 mil pessoas que foram ajudadas pelo Estado e respetivos montantes. Queremos que este processo seja transparente para que não subsista qualquer dúvida sobre esta matéria", disse Capoulas Santos.

Segundo as contas do ministro, foram apoiados 25.101 agricultores, num total de perto de 92 milhões de euros, dos quais 65 milhões provenientes do Ministério da Agricultura e os restantes oriundos do fundo Revita.

"Pagou-se com uma celeridade sem precedentes. O esforço financeiro não tem qualquer precedente. Nunca houve uma resposta tão pronta e avultada em meios financeiros", sublinhou.

Os deputados da oposição valorizaram o anúncio do ministro, mas o deputado do PCP João Dias referiu que seria importante também perceber qual o diferencial entre os montantes de prejuízo solicitados e os que foram efetivamente pagos, mas Capoulas Santos afastou esta possibilidade.

Segundo o governante, durante o processo foram declaradas áreas ardidas que se vieram a verificar terem sido menores, declarados bens como perdidos que se verificaram em bom estado, edifícios que já estavam em ruínas há muitos anos, pelo que "seria irresponsável que se pagasse pela totalidade" e, por isso, não fará sentido serem publicados esses valores também.

O ministro destacou ainda que todo o processo e tabelas foram aplicadas por técnicos competentes e que estará disponível para analisar todas as reclamações e reabrir candidaturas em casos devidamente justificados.

Tópicos:

Capoulas,

A informação mais vista

+ Em Foco

O Estado de Kerala, na Índia, está a enfrentar as piores cheias do último século. As chuvas torrenciais fizeram 350 mortos e deixaram cerca de 350 mil pessoas desalojadas.

    Os depósitos foram descobertos nas regiões polares. Se houver gelo suficiente na superfície, a água poderá ser utilizada em futuras missões ao satélite natural.

    Ocupou durante 60 anos vários cargos nas Nações Unidas e viria a deixar a sua marca na história da organização. Kofi Annan morreu em Berna aos 80 anos.

    Uma semana após a extinção do incêndio de Monchique, a televisão pública esteve no barlavento algarvio com uma emissão especial sobre o cíclico flagelo dos incêndios e as alterações climáticas.