Lucros dos CTT caem 28 por cento em 2018

| Economia

|

O lucro dos CTT recuou 28% no ano passado, face a 2017, para 19,6 milhões de euros. De acordo com a empresa, estes resultados foram influenciados pelas indemnizações pagas por rescisão de contratos de trabalho por mútuo acordo.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Imobiliários (CMVM), os CTT dão conta de um resultado líquido que diminuiu 7,6 milhões de euros em 2018 por comparação ao ano anterior.
 
Esta queda de 28 por cento reflete, segundo a Correios de Portugal, as indemnizações pagasx por rescisão de contratos de trabalho por mútuo acordo, no valor de 20,7 milhões de euros.
 

Destaque também para os rendimentos operacionais, que subiram 1,4% no período em análise, para 708 milhões de euros.

No comunicado à CMVM, os CTT adiantam que o resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações ficou quase inalterado, ao avançar ligeiros 0,6 por cento para 90,4 milhões de euros.
Rendimentos operacionais sobem

Já os rendimentos operacionais recorrentes do Banco CTT subiram 27% no ano passado face a 2017 (para 23,6 milhões de euros), "sobretudo alavancado pelo crescimento da margem financeira (aumento de 4,5 milhões de euros), anunciaram esta quarta-feira os CTT.

No ano passado foram abertas mais 122 mil contas, para um total de 348 mil, referem os CTT.

A empresa destaca "o robusto crescimento dos depósitos de clientes para cerca de 884 milhões de euros" e o "crescimento da carteira de crédito habitação para 238,4 milhões de euros" e de produção de crédito ao consumo de 41,6 milhões de euros.

A integração da Payshop no banco, em janeiro do ano passado, contribuiu com 6,8 milhões de euros de rendimentos nas soluções de pagamento, uma subida de 3,7%.

c/ Lusa

Tópicos:

2018, CTT, Lucros,

A informação mais vista

+ Em Foco

Apresentamos aqui o perfil dos cabeças de lista e cinco prioridades de ação por partido para o Parlamento Europeu.

    Debates, perfis, notícias da campanha. Toda a informação sobre as Eleições Europeias de 2019, que se realizam a 26 de maio.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.