Portugal no mercado na quarta-feira para emitir até 1.000ME de dívida de curto prazo

| Economia

Portugal volta ao mercado na próxima semana para emitir até 1.000 milhões de euros em dois leilões de Bilhetes de Tesouro (BT) a três e a 11 meses, segundo confirmou hoje o IGCP.

Numa nota à comunicação social, a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) diz que vai realizar, no próximo dia 15 de agosto, pelas 10:30, dois leilões das linhas de BT com maturidades em 16 de novembro e 19 de julho de 2019, com um montante indicativo global entre 750 milhões e 1.000 milhões de euros.

Este duplo leilão já estava previsto entre as três idas ao mercado para financiamento de curto prazo agendadas para o terceiro trimestre deste ano, segundo o programa de financiamento do IGCP,

A emissão agendada para quarta-feira é comparável com os dois leilões de BT que ocorreram em junho, que também tinham maturidades a três e a 11 meses.

Na altura, Portugal emitiu 300 milhões de euros a três meses a uma taxa de juro de -0,399% e 950 milhões de euros a 11 meses a uma taxa de juro de -0,290%.

Tópicos:

Dívida,

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma parte central da Ponte Morandi, em Génova, Itália, desabou na manhã de terça-feira durante uma tempestade. Morreram dezenas de pessoas.

    Há uma nova rota turística pela cidade de Lisboa, baseada em memórias de lisboetas mais antigos. São beneficiários da Associação Mais Proximidade Melhor Vida.

    É um desejo antigo do Homem poder tocar as estrelas. Um feito que parece ser agora "quase" alcançável através da missão espacial solar Parker.

      Entre as 21h00 de domingo e as 8h00 de segunda-feira, o mundo viu uma chuva de Perseidas, espetáculo habitual em agosto. Nos locais mais remotos, foi possível admirar melhor o fenómeno.