Governo e professores não chegam a acordo

por Antena 1

Lusa

Estão encerradas as negociações entre Governo e professores. A reunião desta manhã não teve qualquer avanço e os sindicatos dizem ter esbarrado numa parede de intransigência.

O Ministério da Educação mantém a proposta anterior para a contagem do tempo de serviço dos docentes, de dois anos, nove meses e 18 dias.

Continua o braço de ferro, entre Governo e Sindicatos de professores, sobre a contagem do tempo de serviço, esperando-se agora um ano letivo agitado.

Ainda esta terça-feira os sindicatos vão reunir para decidir os próximos passos, diz Mário Nogueira.