Polícia Marítima portuguesa apoiou e resgatou 80 migrantes no mar Egeu

| Fuga para a Europa

A Polícia Marítima portuguesa apoiou e resgatou, na sexta-feira, 80 migrantes no mar Egeu, acompanhando até terra e em segurança mais de 40 migrantes e resgatando outros 40, divulgou hoje a Autoridade Marítima Nacional.

Cerca das 10:30 de sexta-feira, foi localizado um bote com 40 migrantes a bordo, a meter água mas a nevegar e sem correr risco de afundamento, pelo que a embarcação portuguesa "Tejo" acompanhou o bote até ao porto de Molivos.

Após esta primeira missão e regressando à área de operações pelas 13:00, foi socorrido mais um bote com 40 migrantes que se encontrava à deriva com o motor avariado.

Foram recolhidos pelo "Tejo" 10 crianças e sete mulheres, tendo os restantes migrantes permanecido no barco que foi rebocado em segurança até terra.

A Polícia Marítima participa com a embarcação "Tejo" na operação "Poseidon Sea 2015", no âmbito da sua colaboração com a Frontex, agência de controlo das fronteiras europeias, tendo no passado dia 01 resgatado 36 migrantes.

Tópicos:

Migrações,

A informação mais vista

+ Em Foco

A Grécia agradeceu a Portugal a solidariedade do país pela disponibilidade de receber mil migrantes e refugiados, atualmente alojados em condições precárias naquele país.

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.