“Aniquilação”. Trump ameaça Irão em caso de ataque contra EUA

| Mundo

Donald Trump oficializou na segunda-feira as sanções contra a liderança iraniana
|

O Presidente norte-americano ameaçou esta terça-feira o Irão caso o país do Médio Oriente protagonize um ataque contra os Estados Unidos ou “qualquer coisa que seja americana”. Donald Trump refere mesmo uma “aniquilação” em algumas áreas como resposta a um eventual ataque iraniano. As declarações surgem depois de Teerão ter alertado que a via diplomática com a Casa Branca está “permanentemente fechada” devido à imposição de sanções pelos EUA.

“A liderança iraniana não entende as palavras simpatia ou compaixão, nunca as entenderam. Infelizmente, aquilo que entende é força e poder, e os Estados Unidos são, de longe, a mais poderosa força militar do mundo, com 1.5 biliões de dólares investidos apenas nos últimos dois anos”, começou por declarar Trump na rede social Twitter.


“A declaração ignorante e insultuosa feita hoje pelo Irão mostra apenas que eles não entendem a realidade. Qualquer ataque do Irão contra qualquer coisa que seja americana será recebido com uma força grandiosa e avassaladora. Em algumas áreas, grandiosa significará aniquilação. Basta de John Kerry e Obama”, continuou.

“O incrível povo iraniano está a sofrer sem qualquer razão. Os seus líderes gastam todo o dinheiro no terrorismo, e em pouco mais. Os EUA não se esqueceram que o Irão utilizou bombas que mataram 2.000 americanos e feriram muitos mais”.


Na segunda-feira, Donald Trump oficializou as sanções contra a liderança iraniana, incluindo Ali Khamenei, líder supremo do Irão, e Javad Zarif, ministro dos Negócios Estrangeiros. O ayatollah fica, assim, sem acesso a fontes de financiamento, numa nova tentativa de Washington para isolar economicamente o Irão.

“As sanções impostas pela ordem executiva negarão ao líder supremo e ao respetivo gabinete, assim como àqueles estreitamente ligados a ele e ao seu gabinete, o acesso a recursos financeiros chave a apoio”, explicitou Trump no momento da assinatura do decreto.

“Os bens do ayatollah Khamenei e do seu gabinete não serão poupados às sanções”, acrescentou.

Em resposta, o porta-voz do Ministério iraniano dos Negócios Estrangeiros declarou esta terça-feira que a “imposição destas sanções inúteis contra o Líder Supremo do Irão e o chefe da diplomacia iraniana representa o encerramento permanente da via da diplomacia”.

“A Administração Trump está desesperada e a destruir os mecanismos internacionais estabelecidos para manter a paz mundial e a segurança”, frisou Abbas Mousavi.

Tópicos:

Ameaça, Ataque, Estados Unidos, Irão, Sanções, Donald Trump,

A informação mais vista

+ Em Foco

É até hoje a mais icónica das aventuras da exploração espacial. Há 50 anos, o Homem chegava à Lua à boleia da NASA. Percorrermos aqui todos os detalhes da missão, dia a dia.

    O programa Artemis, da NASA, tem como objetivo regressar ao satélite natural da Terra e, simultaneamente, preparar a viagem a Marte.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.