Brexit. Desfecho da votação em Londres não surpreende UE

| Mundo

Juncker diz que a Comissão mostrou criatividade e flexibilidade e que houve boa vontade mais do que uma vez
|

As reações foram rápidas a dar a entender que a União Europeia já esperava a rejeição do acordo de saída no Parlamento britânico.

Donald Tusk, o presidente do Conselho Europeu, demorou poucos minutos a deixar uma pergunta na rede social Twitter.

“Se um acordo é impossível, se ninguém quer o acordo, quem terá coragem para finalmente dizer qual é a única solução possível?”, escreveu, numa mensagem no mínimo enigmática.


Logo a seguir, a Comissão Europeia reagia com um comunicado de Jean-Claude Juncker, que mostrou pesar com a decisão da Câmara dos Comuns e a convicção de que uma saída desordenada está agora mais perto.

Contudo, o presidente da Comissão Europeia pede ao Reino Unido que esclareça o que quer o mais rapidamente possível, antes de recordar que o acordo é justo e reduz os danos do Brexit para os cidadãos e para as empresas.

Juncker diz que a Comissão mostrou criatividade e flexibilidade e que houve boa vontade mais do que uma vez. A última quando, no início da semana, Juncker e Tusk enviaram uma carta à primeira-ministra Britânica com novas garantias e esclarecimentos adicionais.

O presidente da Comissão Europeia diz também que a União continuará a preparar os planos de contingência para o caso de não haver acordo.

Antena 1

Também o presidente do Parlamento Europeu disse que a votação em Londres é uma má notícia e que os cidadãos precisam de certezas sobre o futuro.


Antonio Tajani garante aos 3,6 milhões de europeus a residir no Reino Unido e aos britânicos a viver na Europa que as instituições europeias continuarão a lutar por eles.

Esta quarta-feira, em Estrasburgo, o negociador chefe da União Europeia para o Brexit, Michel Barnier, marca presença num debate sobre esta questão com os eurodeputados. Será às 8h30 em Estrasburgo (7h30 em Portugal).

Tópicos:

Brexit, Britânico, Conselho Europeu, Donald Tusk, Jean-Claude Juncker, Parlamento, Reino Unido, União Europeia, Votação,

A informação mais vista

+ Em Foco

A Grécia agradeceu a Portugal a solidariedade do país pela disponibilidade de receber mil migrantes e refugiados, atualmente alojados em condições precárias naquele país.

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.