Crise climática. "Não imagino ter filhos pensando no meio-ambiente"

por Rita Fernandes - Antena 1

Foto: Thaiane Maciel via Instagram

É um testemunho contado na primeira pessoa. Thaiane Maciel, de 30 anos, sente-se capaz de dizer "não" à maternidade, tendo em conta a atual crise climática. "O meio-ambiente está a mudar cada vez mais. As alterações de temperatura, os recursos mais escassos. Então, ser mulher e pensar a maternidade são escolhas que temos de fazer, levando em consideração muitos aspetos, principalmente ambientais", diz a engenheira ambiental, que nasceu no Brasil.

Thaiane conta que foi educada desde criança para a preservação do ambiente e acabou por criar uma organização não-governamental, o Canal Novo Mundo - Instituto Ecocria, com conteúdos online, limpezas de praias ou sessões educativas.

Não ter filhos por causa das condições de vida do planeta é uma opção cada vez mais comum entre as pessoas mais jovens. Um estudo britânico feito em mais de dez países europeus mostra que 30 por cento dos jovens estão dispostos a não ter filhos ou ter poucos, para salvar o planeta.
pub