Homem mata quatro mulheres perto de igreja ortodoxa na Rússia

| Mundo

Um homem matou hoje a tiro quatro mulheres e feriu mais três pessoas, perto de uma igreja em Kizliar, República russa do Cáucaso, anunciaram as autoridades locais.

"Um desconhecido atirou mortalmente contra quatro mulheres", indicou o Ministério dos Assuntos Internos da região, adiantando que também provocou ferimentos num civil, num polícia e num membro da guarda nacional russa.

O suspeito foi morto numa troca de tiros com a polícia.

Trata-se de um habitante de Kizliar de 23 anos, segundo a agência russa Interfax.

O diário russo RBK noticiou que o suspeito atirou contra as mulheres por estas serem fiéis de uma igreja ortodoxa, nesta região maioritariamente muçulmana.

Tópicos:

Kizliar,

A informação mais vista

+ Em Foco

A presidente do CNAPN diz que a chave está nos líderes das mesquitas e pede mais apoio do Alto Comissariado para as Migrações.

    Marco Aurélio de Mello considera que a prisão de Lula da Silva, após condenação em segunda instância, viola a Constituição brasileira.

      Sintra podia ser uma "mini Davos". A sugestão foi feita informalmente por um dos académicos que participou na reunião do BCE concluída em 20 de junho.

        Dados revelados no Digital News Report de 2018 do Reuters Institute.