Homem mata quatro mulheres perto de igreja ortodoxa na Rússia

| Mundo

Um homem matou hoje a tiro quatro mulheres e feriu mais três pessoas, perto de uma igreja em Kizliar, República russa do Cáucaso, anunciaram as autoridades locais.

"Um desconhecido atirou mortalmente contra quatro mulheres", indicou o Ministério dos Assuntos Internos da região, adiantando que também provocou ferimentos num civil, num polícia e num membro da guarda nacional russa.

O suspeito foi morto numa troca de tiros com a polícia.

Trata-se de um habitante de Kizliar de 23 anos, segundo a agência russa Interfax.

O diário russo RBK noticiou que o suspeito atirou contra as mulheres por estas serem fiéis de uma igreja ortodoxa, nesta região maioritariamente muçulmana.

Tópicos:

Kizliar,

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.