Homem mata quatro mulheres perto de igreja ortodoxa na Rússia

| Mundo

Um homem matou hoje a tiro quatro mulheres e feriu mais três pessoas, perto de uma igreja em Kizliar, República russa do Cáucaso, anunciaram as autoridades locais.

"Um desconhecido atirou mortalmente contra quatro mulheres", indicou o Ministério dos Assuntos Internos da região, adiantando que também provocou ferimentos num civil, num polícia e num membro da guarda nacional russa.

O suspeito foi morto numa troca de tiros com a polícia.

Trata-se de um habitante de Kizliar de 23 anos, segundo a agência russa Interfax.

O diário russo RBK noticiou que o suspeito atirou contra as mulheres por estas serem fiéis de uma igreja ortodoxa, nesta região maioritariamente muçulmana.

Tópicos:

Kizliar,

A informação mais vista

+ Em Foco

Várias organizações de defesa dos Direitos Humanos exigem uma investigação rigorosa.

A morte do advogado foi conhecida há dois anos, no Natal, mas existem vários indícios de que a possa ter simulado.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.