Incêndio da Califórnia deixa para trás mais de mil desaparecidos

| Mundo
Incêndio da Califórnia deixa para trás mais de mil desaparecidos

Continuam desaparecidas 1276 pessoas no estado da Califórnia, nos Estados Unidos, na sequência dos incêndios deste mês de novembro.

Depois da passagem dos mais mortíferos incêndios de sempre 76 pessoas foram encontradas mortas, 63 delas ainda aguardam confirmação de identidade o que só será possível através dos testes de ADN.

Há 60 mil pessoas desalojadas.

Na localidade de Chico, as autoridades abriram um centro para apoiar os sobreviventes dos incêndios, com direito a serviços de saúde e apoio psicológico, podendo até receber apoio financeiros - uma espécie de mesada - para sobreviver no imediato.

O correspondente da Antena 1/RTP, João Ricardo Vasconcelos, visitou este campo de sobreviventes.

O estado da Califórnia espera agora que chegue a chuva prevista pelos serviços meteorológicos para esta semana.

O incêndio começou no dia 8 de novembro e queimou um total de 60 mil hectares por todo o estado da Califórnia.

A informação mais vista

+ Em Foco

A primeira-ministro britânica descarta um segundo referendo, por considerar que não vai solucionar a encruzilhada que o Reino Unido enfrenta.

Xi Jinping passou dois dias em Lisboa, na primeira visita de Estado a Portugal desde que é Presidente da República Popular da China. Foram assinados vários acordos bilaterais.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      O processo de degelo na Gronelândia acelerou substancialmente nas últimas décadas. Os investigadores alertam para o perigo da subida do nível da água do mar.