Mulher de 61 anos atingida a tiro no Brasil enquanto estava internada em hospital

| Mundo

Uma mulher de 61 anos, que estava internada num hospital privado no Rio de Janeiro, no Brasil, para ser operada à vesícula, foi atingida a tiro num olho por uma bala perdida, segundo a imprensa brasileira.

De acordo com jornal brasileiro Globo, a mulher foi atingida na madrugada de sábado, enquanto dormia, dentro de um dos maiores hospitais de Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

Nas proximidades daquele estabelecimento hospitalar fica a comunidade Souza Soares, onde a polícia interveio, alegadamente no seguimento de uma festa.

Familiares da vítima citados pelo Globo disseram que a mulher estava internada há 18 dias para fazer exames e depois ser submetida a uma operação à vesícula.

As mesmas fontes informaram que a paciente baleada foi operada após o tiro e está em estado grave, correndo o risco de perder a visão de um olho, mas estável.

Segundo explicaram, a bala entrou por baixo do olho direito, ficou alojada na parte de trás da cabeça e ainda não foi retirada por precaução.

O caso está agora a ser investigado pela polícia brasileira, que vai perceber de onde surgiu o tiro.

Tópicos:

Souza,

A informação mais vista

+ Em Foco

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.

    Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

      O desaparecimento do jornalista saudita fragiliza a relação dos EUA com uma ditadura que lhe tem sido útil a combater o Irão e a manter os preços do petróleo.

        Na Venezuela, os sequestros estão a aumentar. Em Caracas, só este ano foram raptadas 107 pessoas.