Paris. Milhares de jovens exigem medidas contra alterações climáticas

| Mundo

A adolescente sueca Greta Thunberg deslocou-se a Paris para inspirar os jovens franceses
|

Milhares de estudantes franceses cumprem esta sexta-feira o segundo dia de manifestações contra as alterações climáticas. O protesto contou com a presença de Greta Thunberg, uma ativista sueca de apenas 16 anos que inspirou mobilizações semelhantes em vários países europeus nos últimos meses.

“O futuro começa aqui”, “A água está a chegar” e “Não olhes para nós, junta-te a nós” são algumas das frases que se leem nos cartazes que os jovens seguram naquele que é já o segundo dia de protestos, com o objetivo de exigir ao Governo francês que tome medidas que protejam o planeta.

A adolescente sueca Greta Thunberg deslocou-se a Paris para inspirar os jovens franceses e fez aumentar o número de manifestantes. No primeiro dia de protestos, que decorreu na semana passada, foram cinco vezes menos os jovens que se manifestaram frente ao Ministério da Transição Ecológica.Greta é a criadora do movimento Fridays for Future, que defende greves escolares todas as sextas-feiras para alertar sobre o estado do planeta e exigir ações concretas.

“Eu teria vindo de qualquer das formas, quer [Greta] estivesse lá ou não”, comentou uma das estudantes francesas durante o protesto. “Mas é muito bom que alguém encarne o movimento, e ela tem ideias claras e desenvolvidas e tem a ousadia de atacar os políticos”.

Acompanhada por outros ativistas belgas e alemães, Greta iniciou a manifestação desta sexta-feira com uma conferência de imprensa ao ar livre onde também esteve presente a atriz francesa Juliette Binoche, a presidente da Câmara de Paris e o eurodeputado ecologista Yannick Jadot.


“Nós, as crianças, não deveríamos ter de fazer isto”, declarou Greta, referindo-se às manifestações protagonizadas por jovens que têm ocorrido por toda a Europa. “Quero que os adultos assumam esta responsabilidade”, acrescentou.
Metas mais ambiciosas
No primeiro dia de manifestações, a 15 de fevereiro, os jovens franceses apelaram ao Governo para que sejam tomadas, com urgência, medidas concretas contra as alterações climáticas. O secretário de Estado Brune Poirson respondeu aos manifestantes que o Governo “não é um adversário, mas sim um aliado”.

Na quinta-feira, Greta Thunberg esteve em Bruxelas e, diante do presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, a jovem pediu à UE que estabeleça o objetivo de redução de emissões de gases em 80 por cento até ao ano 2030, uma meta “duas vezes mais ambiciosa” do que a atual, presente no Acordo de Paris.

A Bélgica é um dos países onde os protestos em defesa do ambiente têm decorrido por inspiração de Greta, sendo esta a sétima semana consecutiva em que os jovens belgas se manifestam nas ruas do país.

Tópicos:

Clima, Greta Thunberg, Jovens, Manifestação, Paris,

A informação mais vista

+ Em Foco

Pela primeira vez desde que assumiu o mandato, o secretário-Geral da ONU fala abertamente à RTP dos principais conflitos globais.

É até hoje a mais icónica das aventuras da exploração espacial. Há 50 anos, o Homem chegava à Lua à boleia da NASA. Percorrermos aqui todos os detalhes da missão, dia a dia.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.