Pelo menos 17 pessoas foram detidas em manifestações contra G7

| Mundo
Pelo menos 17 pessoas foram detidas em manifestações contra G7

Foto: Stephane Mahe - Reuters

Já foram detidas pelo menos 17 pessoas nas habituais manifestações que marcam as cimeiras do G7. Quatro polícias sofreram ferimentos ligeiros em confrontos junto a um acampamento de manifestantes contra a cimeira que decorre na cidade francesa de Biarritz.

Na declaração de boas vindas, o Presidente francês sintetiza a lista de intenções e declara que quer que este G7 seja “útil”.

A cimeira vai ser um “teste difícil à unidade e solidariedade numa altura em que tem sido complicado encontrar uma linguagem comum”, afirmou o presidente do Conselho Europeu, num encontro com jornalistas antes do início da cimeira.

Para Donald Tusk, as guerras comerciais entre membros do grupo fragilizam a confiança e podem conduzir a uma recessão económica global.



Donald Tusk rejeita também a proposta de Trump de levar a Rússia de volta ao G7. O presidente do Conselho Europeu considera que não é aceitável e que melhor seria convidar a Ucrânia a participar como observador na próxima reunião do G7.

Donald Tusk abordou ainda a questão do Brexit. Declarou que está disponível para ouvir novas ideias mas lembra que há um limite.



Sobre impostos, Tusk disse ainda que a União Europeia vai responder à letra se os EUA taxarem o vinho francês como represália pelas taxas europeias sobre o digital.

Quanto à Amazónia, é mesmo um dos temas para discutir no G7.

A informação mais vista

+ Em Foco

A RTP ouviu os seis lideres partidários sobre temas que escapam aos programas políticos e que contribuem para definir o perfil dos candidatos.

    Uma sondagem da Universidade Católica aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo domingo.

    Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.