Polinésia: morte de dois bebés depois de serem vacinados

| Mundo

|

O primeiro-ministro Tuilaepa Sailele Malielegaoi de Samoa, na Polinésia, pediu uma investigação detalhada da morte dos dois bebés de um ano, que morreram depois de terem levado uma vacina. O chefe do Ministério da Saúde, Dr. Take Naseri, ordenou que a vacina fosse retirada do hospital e fossem suspensos os funcionários envolvidos.

O primeiro bebé, uma menina de um ano, morreu três minutos depois de ter sido injetada por uma enfermeira. Segundo o canal TV1 Samoa, enquanto a família da outra criança estava à espera, transmitiu notícias sobre a primeira morte. Embora os pais tenham recusado que o filho fosse vacinado, a enfermeira vacinou-o sem o consentimento deles. O bebé morreu depois de ser injetado.

“Já existem processos para determinar se a negligência foi um dos fatores. E, em caso afirmativo, tenho a certeza que esses processos serão implementados para assegurar que a tragédia não se volte a repetir e que os responsáveis sejam obrigados a responder”, disse o primeiro-ministro, depois de ter enviado condolências à família das crianças.

A diretora geral de Saúde, Leausa Take Naseri, suspendeu o programa de vacinação até a investigação estar concluída. A responsável de saúde pediu uma autópsia forense dos dois bebés.
"Também estamos preocupados com a segurança dos nossos trabalhadores, especialmente das enfermeiras que estão envolvidas. Agora são facilmente culpabilizadas - o dedo está apontado para as enfermeiras", disse o primeiro-ministro.
Vacina MMR
Segundo a Organização Mundial de Saúde, as vacinas previnem seis milhões de pessoas por ano a nível mundial. O sarampo, por exemplo, é uma das doenças com 99 por centro de erradicação nos países que seguem à regra o programa de vacinação.

"A maioria das crianças no mundo recebe esta vacina ou vacinas parecidas a esta", disse Helen Petousis-Harris, especialista em vacinas da Universidade de Auckland, na Nova Zelândia, em comunicado à CNN. "Nós temos dados de segurança sobre a vacina, entendemos os efeitos muito bem. Esse tipo de caso é extremamente raro”, acrescentou a especialista.

A vacina MMR conhecida em Portugal como VASPR (vacina tríplice contra o sarampo, papeira e rubéola) protege-nos dessas três doenças. É administrada em duas doses: a primeira é dada aos 12 meses de idade, e a segunda aos cinco anos.
Sarampo
O sarampo é uma das doenças infeciosas mais contagiantes. A ocorrência de surtos de sarampo acontece devido à existência de comunidades não vacinadas em alguns países europeus.
O vírus do sarampo inicialmente causa sintomas como febre, corrimento nasal, tosse e conjuntivite. Depois, em algumas situações podem surgir pontos brancos no interior das bochechas. O aparecimento de manchas em todo o corpo e febre alta são sintomas num estado mais avançado do vírus. Em casos raros, o vírus pode provocar danos cerebrais ou a morte. A vacinação contra esta doença é gratuita.
Papeira
Os principais sintomas deste vírus são a febre, dor de cabeça, cansaço, perda de apetite, inchaço e sensibilidade das glândulas salivares. A papeira pode levar à surdez, ao inchaço do revestimento do cérebro, da medula espinhal, dos testículos e ovários. Muito raramente este tipo de doença causa a morte. O vírus é transmitido através da tosse, saliva e espirros. Os sintomas por norma têm a duração de 10 dias, e quando o doente recupera fica imune para o resto da vida contra o vírus.
Rubéola
Também conhecido como “sarampo alemão”, os primeiros sintomas a manifestarem-se são dor de garganta, febre, dor de cabeça, irritação nos olhos e erupções cutâneas. Após cinco dias, aparecem manchas vermelhas em todo o corpo que dão comichão. A transmissão do vírus é feita através da respiração, fala ou tosse. A prevenção contra este vírus é feita através de vacinação.

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.