PR moçambicano visita Rússia a convite de Putin

| Mundo

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, vai fazer a partir de terça-feira uma visita de trabalho à Rússia, no âmbito de um convite formulado pelo Presidente russo, Vladimir Putin, informa um comunicado oficial.

"A visita do chefe de Estado moçambicano inscreve-se no quadro da consolidação e aprofundamento das relações de amizade e cooperação existentes entre Moçambique e Rússia", lê-se num comunicado da Presidência da República de Moçambique distribuído hoje à imprensa.

Na Rússia, o chefe de Estado moçambicano vai manter conversações oficiais com Vladimir Putin, participar na abertura do Fórum empresarial Moçambique - Rússia e reunir-se com a comunidade moçambicana naquele país.

"Trata-se de uma visita histórica, visto que é a primeira que um chefe de Estado moçambicano realiza à Rússia, desde a dissolução da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas [URSS], em 1991, sendo que a última visita à Moscovo foi realizada pelo antigo Presidente, Joaquim Chissano, em 1987", acrescenta a nota.

O chefe de Estado moçambicano tem na sua comitiva os ministros da Defesa, Atanásio Mtumuke, dos Recursos Minerais e Energia, Max Tonela, além das vice-ministras dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Maria Lucas, e da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional, Leda Hugo.

Tópicos:

Chissano, Ciência, Repúblicas Soviéticas [URSS],

A informação mais vista

+ Em Foco

Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

    Entrevista Olhar o Mundo a um dos autores e investigadores militares mais reconhecidos do mundo anglo-saxónico.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.