Quim Torra: "Espanha continua sem ouvir a Catalunha"

por RTP

Em entrevista ao Jornal 2, o presidente do Governo regional da Catalunha considerou esta quinta-feira que Madrid "tem de aprender a respeitar as distintas vozes do Estado espanhol". De passagem por Portugal, Quim Torra agradece a Portugal o apoio àquela região autónoma.

Há precisamente um ano, o parlamento português aprovou uma resolução que pedia que fosse encontrada "uma solução política para a questão nacional em Espanha, no respeito pela vontade dos seus povos e, consequentemente, da vontade do povo catalão, e da salvaguarda dos direitos sociais e outros direitos democráticos dos povos de Espanha".

"Esta é uma terra de liberdade que entende a luta pela liberdade" disse Quim Torra na entrevista ao Jornal 2 da RTP.

O independentista pediu ao Governo espanhol "negociações claras e transparentes" e sublinhou que existe "censura" por parte de Madrid, que impediu inclusive que a televisão pública catalã de usar expressões como "presos políticos" ou "exilados".

Quim Torra alerta para o perigo da extrema-direita nas próximas eleições gerais em Espanha e, sobre as eleições europeias, confirma que Carles Puigdemont se vai candidatar ao Parlamento Europeu com o objetivo de "internacionalizar a causa da Catalunha".