Sarcófago de dois metros de altura encontrado no Egipto

| Mundo

O sarcófago é o maior a ser descoberto intacto na antiga cidade de Alexandria
|

Um sarcófago de dois metros de altura foi encontrado na cidade de Alexandria, no Egipto, durante trabalhos de construção. Estava enterrado a cerca de cinco metros abaixo da superfície e está agora a ser preparado por arqueólogos para ser aberto.

Negro e construído em granito, o sarcófago é o maior a ser descoberto intacto na antiga cidade de Alexandria. Junto dele encontrava-se uma cabeça construída em alabastro (uma mistura de gesso e calcite) que poderá representar o dono do túmulo.

Os arqueólogos acreditam que ambos os artefactos se mantiveram intocados durante milhares de anos. Entre o corpo e a tampa do sarcófago está uma camada de argamassa, mistura que junta areia e água, o que pode indicar que o túmulo se manteve de facto selado desde que foi enterrado.


De acordo com os especialistas, o sarcófago deverá datar do período ptolemaico, que teve início no ano 323 a.C., após a morte de Alexandre o Grande.

“Esperamos que este túmulo pertença a uma das grandes figuras desse período”, afirmou Ayman Ashmawy, diretor de antigos artefactos egípcios no Ministério de Antiguidades desse país. “A cabeça de alabastro deve representar um nobre de Alexandria”.

“Quando abrirmos o sarcófago esperamos encontrar objetos ainda intactos, o que nos irá ajudar a identificar a pessoa e a saber qual era a sua posição” na sociedade, acrescentou.

O túmulo será aberto no local pois, segundo Ashmawy, seria difícil movê-lo até um museu. Para além de estar enterrado a cinco metros da superfície, pesa cerca de 30 toneladas. “Apenas a tampa pesa 15 toneladas”, explicou.

Nas próximas semanas uma equipa de engenheiros irá visitar o local para fornecer equipamento capaz de levantar a tampa do sarcófago. Apenas nesse momento os especialistas em mumificação poderão verificar o estado do seu interior após mais de dois mil anos fechado.

Tópicos:

Arqueologia, Egipto, Túmulo, Sarcófago,

A informação mais vista

+ Em Foco

A destruição causada pelas chamas no Estado norte-americano da Califórnia retratada numa galeria de fotografias.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      O ex-ministro da Defesa israelita Avigdor Lieberman acumulou diatribes ao longo da carreira política.

        Fotografias publicadas em livro da autoria do artista berlinense Martin Dammann lançam uma nova luz sobre o lado mais obscuro da Wehrmacht.