Florence. Inundações ameaçam EUA

| Mundo

|

Pelo menos 13 pessoas terão perdido a vida nos EUA devido ao Florence. Apesar de as autoridades considerarem que em breve a tempestade vai enfraquecer e transformar-se numa depressão, o risco de inundações permanece como um risco para as populações.

A tempestade fez pelo menos dez mortos na Carolina do Norte, oito delas confirmadas pelas autoridades. Entre elas uma mãe e um bebé depois de a sua casa ter sido atingida por uma árvore. De acordo com os media americanos, o balanço provisório aponta para 13 mortos: dez na Carolina do Norte, três na Carolina do Sul.

O furacão Florence, que atingiu a costa sudeste dos Estados Unidos, perdeu hoje intensidade para tempestade tropical. As autoridades acreditam que nas próximas horas, o Florence enfraqueça e passe a ser considerado uma depressão.

De acordo com o Centro Nacional de Furacões, a tempestade progride lentamente para o estado da Carolina do Sul, deixando um rasto de chuvas fortes, inundações, ameaça de tornados e um apagão de eletricidade que já afetou cerca de um milhão de habitações.

Segundo a Casa Branca, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou o estado de calamidade na Carolina do Norte.

Forças armadas, guarda costeira, equipas de emergência e voluntários recorreram a helicópteros, barcos e veículos pesados para resgatar centenas de pessoas isoladas pelas inundações.

As chuvas torrenciais fizeram já transbordar rios e lagos, com as autoridades a reforçarem os apelos para que as populações abandonem as áreas em risco de inundação.

"O nível das águas está a subir e se não tomarem cuidados estarão a colocar em risco as vossas vidas", alertou o governador da Carolina do Norte, Roy Cooper.

 

c/Lusa

A informação mais vista

+ Em Foco

A ONU alerta para um ano de grande instabilidade e de necessidades maiores por parte da população civil.

Os dias estão mais quentes e não é por causa do advento da primavera. A razão está identificada - as alterações climáticas fazem-se sentir em todo o planeta e as consequências espelham-se em fenómenos extremos.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.