Mário Rui Cardoso

Mário Rui Cardoso

Opiniões mais Recentes

A história de uma viagem em executiva com serviço de low cost.

    Portugal e Espanha ainda parecem imunes a tentações populistas e nacionalistas de extrema-direita. Mas os resultados das últimas eleições alemãs mostram que, em qualquer país, com o tempo, essa “imunidade” tende a esbater-se.

      Este ano, outra vez, quase metade dos eleitores não votaram nas autárquicas, apesar dos apelos ao voto dos partidos e do PR, que disse que quem não vota depois não se pode queixar.

        A comunicação do governo face aos incêndios que têm assolado o país é um tratado. Faz lembrar o clássico número de circo pirofágico, em que alguém engole e depois regurgita o fogo em grande estilo.

          Pedro Filipe Soares disse que o Bloco de Esquerda não pediu a demissão de Rocha Andrade porque o Bloco "não faz sugestões públicas desse cariz ao governo". Presume-se, então, que tenha pedido a demissão em privado, no recato de um gabinete. Ou então a coerência é uma batata e estamos a assistir a ...

            A candidatura à liderança das Nações Unidas parece sempre uma corrida entre segundas e terceiras linhas da política internacional. O cargo está talhado para figuras reverenciais, referências morais sem verdadeiro peso político.

              Berlusconi é que sabia. Quando, em 1994, conseguiu aprovar uma lei que acabava com as penas de prisão para a maioria dos crimes de corrupção, fê-la entrar em vigor depois do apuramento da Itália para a final do Campeonato do Mundo, contra o Brasil. O problema foi que a “squadra azzurra” perdeu essa ...

                Passei os últimos quinze dias na Florida, alguns nos lugares onde cresceu e ainda vivia Omar Mateen, o autor do massacre na discoteca de Orlando. A Florida é um lugar irreal. Uma terra onde a natureza bruta foi forçada a acolher a impecável organização urbana da paisagem americana. E onde sempre se ...

                  Adivinhar é proibido, mas esta semana estiveram em Lisboa dois homens a quem, com alguma facilidade, podemos reconhecer uma aptidão especial para antecipar novos rumos para o jornalismo, num futuro que pode não estar tão distante quanto isso. Pela simples razão de que são homens profundamente ...

                    O governo e os partidos que o apoiam têm toda a legitimidade para levar por diante a política educativa que entendem ser a melhor para o país. Por muito que se possa torcer o nariz a esse velho desporto nacional que é vir uma maioria sempre desfazer – reverter, como agora se diz – aquilo que outra ...

                      Barack Obama esteve em Hiroshima. Foi o primeiro presidente americano em funções a visitar a cidade onde "há 71 anos a morte caiu do céu". Como se esperava, o homem que venceu o Nobel da Paz em parte pelas expetativas que criou durante um célebre discurso a favor da desnuclearização, em Praga, em ...

                        Há dias, o Papa pediu-nos para pormos a mão na consciência e pensarmos se não estaremos a ser mais cuidadosos com os nossos animais do que com os vizinhos. “Quantas vezes vemos as pessoas agarradas aos cães e aos gatos mas não ajudam o vizinho em necessidade”, lamentou Francisco. Mas haverá razões ...

                          Kerry Kennedy esteve em Portugal e deixou-nos, em entrevista ao Público, uma verdade indiscutível. “A atual vaga de refugiados não é nada comparada com o que teremos de enfrentar. O aquecimento global vai provocar vagas muito maiores”. E não é num futuro cósmico. Será já no tempo dos nossos filhos ...

                            Para que não restem dúvidas sobre o que move hoje o mundo é ler os documentos que foram agora revelados pela Greenpeace acerca do TTIP, o acordo de comércio livre entre os EUA e a UE. No maior secretismo, ditado pela administração do bem amado Obama, uma mão cheia de políticos e burocratas, ...

                              Primeiro Bowie, depois Prince. O que é que explica tanta comoção quando morre uma destas figuras da música pop? O impacto da sua obra, claro. As canções com que crescemos, que nos acompanharam os passos, que nos fizeram sonhar. Mas também uma máquina de marketing muito bem montada, capaz de ...

                                Sempre que se ouve falar em discriminação na instituição militar, por razões de orientação sexual, como foi agora o caso no Colégio Militar, apetece recordar a história do Barão Von Steuben. Na verdade, o atual poderio militar norte-americano deve muito a um antigo general prussiano homossexual, ...

                                  Uma curiosidade. Posse de bola no Atlético de Madrid - Barcelona: 29%-71%. Resultado final: 2-0. Apurado o Atlético. Posse de bola no Benfica - Bayern: 32%-68%. Resultado final: 2-2. Apurado o Bayern. Uma grande equipa europeia não precisa de ter sempre a bola. Precisa de jogar MUITO BEM, quando ...

                                    Agora que João Soares se demitiu receio bem que os jornalistas deixem outra vez de falar de "cultura" nos títulos. Salvo raras e honrosas exceções, a cultura só está em destaque nas notícias quando se dá a morte do artista ou o prémio ao artista. Fora isso, só mesmo quando aparece um ministro a ...

                                      Quando António Guterres se candidatou pela primeira vez a primeiro-ministro, em 1995, escolheu como slogan a frase "razão e coração", contraponto afetuoso à imagem austera de Cavaco Silva, que estava então em declínio. Marcelo Rebelo de Sousa demonstrou, nas presidenciais, que o "truque" dos ...

                                        Um privado comprou por 190 mil euros o edifício que dá acesso à emblemática Torre da Alfândega, em Guimarães, onde está a inscrição "Aqui nasceu Portugal". A câmara tinha o direito de compra mas não o exerceu. E agora que o negócio, feito há dois anos, foi revelado pela CDU e caiu nos jornais, a ...

                                          Há coincidências felizes. A obra integral de Andrei Tarkovsky é exibida, em Lisboa e no Porto, na mesma altura em que Alejandro G. Iñarritu se alcandorou a cineasta do momento com “O Renascido”, assumidamente inspirado nos filmes do realizador russo. Compare-se, então, um e o outro. Quanto mais não ...

                                            Estou em Morro de São Paulo, um daqueles lugares aonde a gente, quando sai, quer muito voltar. Praias paradisíacas, clima tropical, restaurantes e bebidas geladas, gente bonita para cá e para lá. Este sítio tem tudo e tem mais: tem muito que se diga sobre a situação dos negros no Brasil atual.

                                              Chamava-se Fernando Silva Pais e era o chefe da PIDE, o cão de guarda do Estado Novo. Era um dos pilares do regime. Outro era António Ferro, o homem da propaganda, mentor do “Jornal Português”, a lendária “revista de atualidades” que a Cinemateca editou em DVD e que os aprendizes de feiticeiro que ...

                                                O mayor de Londres, Boris Johnson, cortou o cabelo antes de anunciar que ia fazer campanha pelo “não” à permanência do Reino Unido na UE, no referendo de junho. Não sabemos se o fez para ganhar credibilidade, em qualquer caso terá feito mal. Devia antes olhar para Donald Trump que, com o seu ...

                                                  O Rijksmuseum, em Amesterdão, devia receber o prémio de melhor museu europeu para virgens ofendidas. Obras ali patentes que tenham nos títulos palavras como “preto”, “escravo”, “mouro” ou “anão”, estão a ser rebatizadas para não incomodarem as susceptíveis brigadas do politicamente correto.

                                                    As exportações de frutas, legumes e flores vão de vento em popa, com um aumento anual, até outubro, três vezes superior ao das vendas totais de bens para o estrangeiro, no mesmo período. Impelidos pela crise, os produtores começaram a entender que, avançando juntos, têm mais possibilidades de ...

                                                      Enquanto por cá o Governo se entregou a uma alquimia orçamental para agradar a Bruxelas e evitar sanções por défices excessivos, em Londres David Cameron rejubila com as cedências europeias que poderão permitir ao Reino Unido ter, como ele diz, “o melhor de dois mundos”.