A Gravação Secreta da Assembleia "Selvagem"

| País

A gravação da lendária Assembleia de 11 de Março, rotulada como “Selvagem”, para ver esta quarta-feira à noite, na RTP 1
|

Nos 45 anos do 25 de Abril, a RTP mostra-lhe em exclusivo um documento inédito sobre o período do PREC (Período Revolucionário em Curso 1974 – 1976). Trata-se da gravação original da célebre Assembleia do 11 de Março, mais conhecida por “Assembleia Selvagem”.

Na sequência do ataque ao quartel RAL 1 (Regimento de Artilharia de Lisboa 1), e do falhado golpe do general Spínola, o então Presidente da República, general Costa Gomes, a Junta de Salvação Nacional e os membros militares do Governo são pressionados a enfrentar uma assembleia com cerca de 200 militares do MFA para, frente a frente, analisar a situação, decidir o que fazer aos golpistas e tomar medidas para o futuro do país.

Depois de oito horas e meia de reunião, a Assembleia decidiu algumas das medidas mais revolucionárias da história portuguesa, como a nacionalização da Banca e dos Seguros e a criação do Conselho da Revolução, que institucionalizou e garantiu a sobrevivência do MFA no seio de umas Forças Armadas conservadoras.

Durante anos, esse encontro de 11 para 12 de Março de 1975 foi fonte de muita especulação por causa do tema que dominou a Assembleia: os pedidos de fuzilamentos para os implicados no golpe.

O general António Spínola fugira para Espanha com um grupo de 15 oficiais conspiradores, mas havia já dezenas de militares e civis presos e outros em vias de serem detidos, todos suspeitos de apoiarem o golpe militar.

Grande parte dos militares envolvidos no golpe pertencia ao MFA e participara no 25 de Abril. Era, portanto, para camaradas da revolução, que era pedida a pena de morte.

Durante 45 anos trocaram-se acusações sobre os nomes dos militares que propuseram os fuzilamentos. A gravação áudio da Assembleia que a RTP vai revelar permite perceber de que forma a pena de morte foi discutida numa das noites mais importantes para história do país. A fita revela os discursos mais polémicos, mas identifica também os “heróis” da noite, os homens que souberam, com notáveis discursos, impedir que a revolução portuguesa caminhasse para uma guerra civil e para um regime de terror.

Para uns, a reunião foi caótica, passou à história uma série de decisões políticas desastrosas e por isso foram-na rotulando de Assembleia Selvagem.

Para outros, é um exemplo do nobre espírito dos homens do MFA que num momento difícil souberam reunir-se democraticamente e, em conjunto, conter os radicalismos defendendo a realização das eleições para a Constituinte em Abril.

A gravação da lendária Assembleia de 11 de Março, rotulada como “Selvagem”, é sem dúvida um documento para a história de Portugal.

Para ver esta quarta-feira à noite, dia 24 de abril, logo a seguir ao Telejornal, na RTP1.

Um trabalho de Jacinto Godinho, com imagem de Carlos Oliveira e edição de Guilherme Brízido.

A informação mais vista

+ Em Foco

Entrevista à Antena 1 do académico João Pedro Simões Dias, autor do livro "A ideia de Europa".

Debates, perfis, notícias da campanha. Toda a informação sobre as Eleições Europeias de 2019, que se realizam a 26 de maio.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.