Altice Portugal desistiu de enterrar mil quilómetros de cabos de telecomunicações em zonas de risco de incêndio

| País
Altice Portugal desistiu de enterrar mil quilómetros de cabos de telecomunicações em zonas de risco de incêndio

A ver: Altice Portugal desistiu de enterrar mil quilómetros de cabos de telecomunicações em zonas de risco de incêndio

A Altice Portugal desistiu de enterrar mil quilómetros de cabos de telecomunicações em zonas de risco de incêndio e acusa a IP-Telecom de falta de ação neste processo.

A Altice alega que faltam as condições necessárias para cumprir o contrato e que há vários obstáculos colocados pela Infraestruturas de Portugal.

O objetivo deste protocolo, que surgiu após os incêndios de 2017 em Pedrogão Grande, era enterrar os cabos áereos de comunicações, através do canal técnico rodoviário, até ao final de 2019.

Em comunicado, o Governo reage com surpresa a esta decisão, diz que no passado dia 8 foi possível chegar a acordo entre as partes e que foram ultrapassadas divergências em matérias de custos e condições de implementação do protocolo.

Adianta o Ministério das Infraestruturas que ainda espera que a Altice assine o acordo que fechou há cerca de duas semanas.

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma sondagem da Universidade Católica aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo domingo.

Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.