Antiga responsável de lar da Misericórdia condenada a nove anos de cadeia

| País
Antiga responsável de lar da Misericórdia condenada a nove anos de cadeia

A ver: Antiga responsável de lar da Misericórdia condenada a nove anos de cadeia

Uma antiga responsável pelo Lar de Nossa Senhora de Fátima da Santa Casa da Misericórdia em Reguengos de Monsaraz foi condenada a nove anos de cadeia e a cinco anos sem poder trabalhar com menores.

Vânia Pereira estava acusada de 11 crimes, entre eles abuso sexual de menores, maus tratos, peculato e sequestro agravado.

No mesmo processo seis arguidos foram absolvidos. Além da antiga responsável do lar, uma funcionária foi também condenada a dois anos com pena suspensa. O caso levou 60 testemunhas a tribunal incluindo jovens e funcionárias.

Há quase dois anos, o programa Sexta Às 9 divulgou pela primeira vez declarações de funcionárias que viviam há anos em silêncio. Hoje nenhuma das condenadas quis prestar declarações.

A informação mais vista

+ Em Foco

Houve aldeias ceifadas e vidas destruídas. O medo viveu ao lado de histórias de heroísmo. Contamos as estórias que agora preenchem dezenas de aldeias esquecidas, muitas pintadas a cinza.

    Jorge Paiva, botânico e professor, um dos maiores peritos da floresta, critica em entrevista à Antena 1 o desinteresse generalizado dos políticos pelos problemas da floresta.

    É uma tragédia sem precedentes que vai marcar para sempre o país. O incêndio de Pedrógão Grande fez 64 mortos mais de duas centenas de feridos. Há dezenas de deslocados.

    Nodeirinho é a aldeia mártir do incêndio de Pedrógão Grande. É uma aldeia em ruínas, repleta de casas queimadas e telhados no chão. Um cenário de desolação e dor.