ASAE detém três pessoas por venda ilegal de bilhetes para o Benfica - FC Porto

| País

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) deteve até ao momento três pessoas, em flagrante delito, por venda ou distribuição ilegal de bilhetes para o jogo entre o Benfica e o FC Porto que se realiza esta tarde, em Lisboa.

Foram ainda apreendidos quatro bilhetes "com valores unitários faciais de 20 e 30 euros, que se encontravam a ser transacionados por valores entre os 100 euros e 300 euros, permitindo a um dos vendedores a obtenção de percentagem de lucro acima dos 1400%", avança a ASAE em comunicado.

A ação decorreu no âmbito de uma fiscalização da ASAE, através da sua Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal, sobre a venda ilícita de bilhetes para o jogo de hoje da primeira liga.

"Como resultado da ação, com incidência especial na oferta que se encontra a ser divulgada através de diversos sites de anúncios na Internet, foram, até ao momento, detidos três indivíduos, em flagrante delito, pela prática do crime de especulação e crime de venda ou distribuição irregular de títulos de ingresso", explica a ASAE.

De acordo com o comunicado, dois dos detidos foram já presentes a tribunal, tendo sido aplicadas "suspensões provisórias de processo, mediante injunções pecuniárias com entrega de valores a IPSS [Instituições Particulares de Solidariedade Social], ou prestação de trabalho comunitário".

O terceiro detido será presente a tribunal na segunda-feira.

A ASAE alerta os consumidores para que evitem a aquisição de bilhetes acima do seu valor oficial, uma vez que essa prática constitui um crime de especulação, punido com pena de prisão até 3 anos.

A informação mais vista

+ Em Foco

O presidente da Fundação Mandela falou à RTP por ocasião do centenário do nascimento de Madiba, que se assinala esta semana à escala mundial.

    No dia em que se assinala o centenário do nascimento de Nelson Mandela, o jornalista António Mateus recorda o legado do histórico líder sul-africano.

    A partir da Ilha do Sal, em Cabo Verde, a jornalista da RTP Carla Adão escreve sobre as primeiras horas da cimeira da Comunidade de Países de Língua Portuguesa.

    Veja aqui imagens exclusivas em 360º da missão portuguesa.