Estado detém 45% de empresa de limpeza de torres de refrigeração

| País
Estado detém 45% de empresa de limpeza de torres de refrigeração

A ver: Estado detém 45% de empresa de limpeza de torres de refrigeração

O maior surto de legionella num hospital português provocou 5 mortos e infetou 56 pessoas.

O Sexta às 9 mostra-lhe que a empresa responsável pelas torres de refrigeração, apontadas pela Direção Geral de Saúde como causadoras do surto, é detida em 45 por cento por uma associação tutelada por dois ministérios: Saúde e Finanças.

Chama-se Such Veolia e, nos últimos duas décadas, tem conseguido gerar lucros que nalguns anos ultrapassaram os 4 milhões e meio de euros.

A parceria público-privada criou uma situação de monopólio à multinacional francesa, Veolia SA, que assim conseguiu contratos nos 12 hospitais mais importantes do país.

A informação mais vista

+ Em Foco

A revelação foi feita durante uma entrevista exclusiva à RTP à margem da cimeira de CPLP, que decorreu esta semana em Cabo Verde.

Em entrevista à RTP, Graça Machel revela que o grande segredo de Nelson Mandela era fazer sentir a cada pessoa com quem falava que era a mais importante.

O economista guineense Carlos Lopes, em entrevista à RTP, considera que a Europa tem discutido as migrações e outras questões africanas, sem consultar os africanos.

    Apesar da legislação contra estas situações, os Estados Unidos são dos países que mais importam produtos em risco de serem produzidos através de trabalhos forçados.