Estado detém 45% de empresa de limpeza de torres de refrigeração

| País
Estado detém 45% de empresa de limpeza de torres de refrigeração

A ver: Estado detém 45% de empresa de limpeza de torres de refrigeração

O maior surto de legionella num hospital português provocou 5 mortos e infetou 56 pessoas.

O Sexta às 9 mostra-lhe que a empresa responsável pelas torres de refrigeração, apontadas pela Direção Geral de Saúde como causadoras do surto, é detida em 45 por cento por uma associação tutelada por dois ministérios: Saúde e Finanças.

Chama-se Such Veolia e, nos últimos duas décadas, tem conseguido gerar lucros que nalguns anos ultrapassaram os 4 milhões e meio de euros.

A parceria público-privada criou uma situação de monopólio à multinacional francesa, Veolia SA, que assim conseguiu contratos nos 12 hospitais mais importantes do país.

A informação mais vista

+ Em Foco

A Redação da RTP votou sobre as figuras e acontecimentos mais destacados, a nível nacional e internacional. Veja aqui as escolhas.

    O embaixador russo em Lisboa afirma, em entrevista à RTP, que as declarações e decisões de Donald Trump sobre Jerusalém podem incendiar todo o Médio Oriente.

    Rui Rosinha, bombeiro de Castanheira de Pêra, sofreu queimaduras de terceiro grau e esteve dez horas à espera de ser internado. Foi operado 14 vezes e regressou a casa ao fim de seis meses.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.