Fogo combatido por mais de 300 operacionais na Sertã motiva corte da EN2

| País

Mais de 300 operacionais, apoiados por 85 viaturas e oito meios aéreos, combatiam às 17:50 um incêndio florestal na Sertã, que obrigou ao corte da Estrada Nacional (EN) 2, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.

Segundo a fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco, o incêndio, que deflagrou pelas 14:50, na localidade de Marmeleiro, concelho da Sertã, "está ativo e lavra com intensidade devido ao vento que se faz sentir no local".

A EN2 está cortada nos dois sentidos entre Vila de Rei e Sertã.

A fonte do CDOS de Castelo Branco disse que não há casas atingidas pelas chamas e sublinhou que, pelas 18:00, não é ainda possível confirmar se há ou não feridos.

No terreno, estavam àquela hora a combater as chamas 310 operacionais, apoiados por 85 viaturas e oito meios aéreos.

Tópicos:

Estrada, Proteção,

A informação mais vista

+ Em Foco

A RTP ouviu os seis lideres partidários sobre temas que escapam aos programas políticos e que contribuem para definir o perfil dos candidatos.

    Estamos em plena campanha para as Legislativas. Não queremos aqui influenciar o seu voto, mas tratar as dúvidas que nos apareceram a nós e que podem também ser as suas.

      Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

        Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.