Funcionários judiciais fazem greve alternada durante cinco dias

| País
Funcionários judiciais fazem greve alternada durante cinco dias

Foto: RTP

Os funcionários judiciais realizam esta terça-feira o primeiro de cinco dias alternados de greve em protesto pela integração de um suplemento de dez por cento no ordenado, estando ainda marcada uma concentração destes profissionais em Lisboa.

Fernando Jorge diz que a greve alternada permite que todos os oficiais de justiça façam greve sem necessidade de serviços mínimos.

Segundo adiantou à agência Lusa o presidente do Sindicato dos Funcionários Judiciais (SFJ), a concentração efetua-se durante esta manhã no Campus da Justiça, em Lisboa.

A greve começa hoje, depois volta a efetuar-se no 28 de junho, e nos dias 2, 4 e 12 julho.

O SFJ garante que os tribunais vão paralisar na sua totalidade no país, uma vez que não vão ser garantidos os serviços mínimos.

A informação mais vista

+ Em Foco

A RTP ouviu os seis lideres partidários sobre temas que escapam aos programas políticos e que contribuem para definir o perfil dos candidatos.

    Uma sondagem da Universidade Católica aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo domingo.

    Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.