GNR vai avaliar todos os procedimentos depois do incêndio em Pedrógão Grande

| País

A GNR vai avaliar todos os procedimentos adotados durante o incêndio que deflagrou no sábado em Pedrogão Grande depois de o fogo estar extinto, disse hoje à agência Lusa o porta-voz da corporação.

O major Bruno Marques adiantou que avaliação dos procedimentos adotados será feita após o fogo estar concluído, uma vez que neste momento "a prioridade é o combate aos incêndios e a proteção e socorro das populações".

Segundo o porta-voz da Guarda Nacional Republicana, toda a atuação vai ser avaliada, nomeadamente se foi ou não encerrada a Estada Nacional (EN) 236-1, apelidada agora de "estrada da morte" e onde morreram várias pessoas encurraladas pelas chamas entre Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos.

Bruno Marques ressalvou ainda que a GNR faz sempre uma avaliação dos procedimentos que adota.

O incêndio que deflagrou no sábado à tarde em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, provocou pelo menos 64 mortos e mais de 150 feridos.

O fogo começou em Escalos Fundeiros, e alastrou depois a Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, no distrito de Leiria.

Desde então, as chamas chegaram aos distritos de Castelo Branco, através do concelho da Sertã, e de Coimbra, pela Pampilhosa da Serra.

Este incêndio já consumiu cerca de 26.000 hectares de floresta, de acordo com dados do Sistema Europeu de Informação de Incêndios Florestais.

Tópicos:

Castanheira Pera Figueiró, Estada, Figueiró Vinhos Castanheira, Pampilhosa, Pedrogão, Pedrógão,

A informação mais vista

+ Em Foco

Um "cemitério de dinossauros" descoberto na Argentina, com 220 milhões de anos apresenta fósseis de uma dúzia de animais.

    Nos 45 anos do 25 de Abril, a RTP mostra-lhe em exclusivo um documento inédito sobre o período do PREC (Período Revolucionário em Curso 1974 – 1976).

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.