"Há uma organização terrorista a queimar o país", diz Jaime Marta Soares

| País
Há uma organização terrorista a queimar o país, diz Jaime Marta Soares

Foto: Lusa

Jaime Marta Soares, presidente da Liga Portuguesa de Bombeiros, diz que pediu para não haver cortes nos dispositivos de combate aos incêndios após o término da fase Charlie.

Marta Soares diz que houve uma má avaliação das condições existentes no terreno e na forma como as condições climatéricas se estão a desenrolar.

O presidente da Liga compreende que o que aconteceu ontem foi “brutal”, mas se se tivesse mantido o alerta talvez as coisas não fossem tão graves.

Jaime Marta Soares afirma que não podem ser só as queimadas pastorícias a provocar estes focos de incêndio: “qual pastorícia, qual carapuça. Assumam de uma vez por todas que há um problema grave em Portugal. (…) Há uma onda de organização terrorista que está a levar o país para esta situação.”

A informação mais vista

+ Em Foco

A RTP ouviu os seis lideres partidários sobre temas que escapam aos programas políticos e que contribuem para definir o perfil dos candidatos.

    Uma sondagem da Universidade Católica aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo domingo.

    Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.