Habitantes de Monchique não veem com bons olhos visita de Costa

| País
Habitantes de Monchique não veem com bons olhos visita de Costa

Foto: Pedro Nunes - Reuters

O primeiro-ministro António Costa vai estar esta sexta-feira em Monchique, concelho fustigado nos últimos sete dias por um violento incêndio.

Vozes locais afirmam que o chefe do Governo nada vem fazer para ajudar à desgraça que os fogos deixaram. Falam em azar, incompetência e referem que neste combate homem–fogo tudo correu mal.

António Costa chega a Monchique depois de o ministro da Administração Interna ter visitado também zonas críticas deste incêndio.


Marcelo Rebelo de Sousa também vai estar em Monchique, durante o dia de sábado.

A informação mais vista

+ Em Foco

A 15 de outubro de 2017, uma vaga de incêndios fez 50 mortos e dezenas de feridos. Reunimos aqui um conjunto de reportagens elaboradas um ano depois da catástrofe.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.

      Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

        Logo após a recuperação das armas roubadas, o ex-chefe do Estado-Maior do Exército proibiu a PJ de entrar na base de Santa Margarida.