Hells Angels. Polícia Judiciária faz novas detenções

| País

|

A Polícia Judiciária e o Ministério Público efetuaram esta terça-feira várias buscas domiciliárias em vários pontos do país para fazer cumprir mandados contra elementos do grupo “Hells Angels”. Foram realizadas 17 detenções em vários pontos do país.

A Polícia Judiciária levou a cabo uma operação contra o grupo no âmbito do mesmo processo que, em julho de 2018, levou à detenção de 58 elementos do grupo de motociclistas.

Em comunicado, a PJ refere que foi desencadeada "uma vasta operação em vários pontos do território nacional", envolvendo a participação de 150 operacionais de várias unidades da Polícia Judiciária.

"Foram detidos 17 indivíduos do sexo masculino de nacionalidade portuguesa com idades compreendidas entre os 29 e os 52 anos", pode ler-se no comunicado.

A PJ refere ainda que esta operação se insere "no âmbito de Inquérito titulado pelo DCIAP, à ordem do qual se encontram, em situação de prisão preventiva, 41 arguidos, desde julho de 2018".
Suspeitos devem ser ouvidos na quarta-feira
Os indivíduos agora detidos fazem parte da estrutura do grupo Hells Angels estão indiciados pelo crime de associação criminosa, confirmou a Polícia Judiciária.

Os suspeitos deverão ser apresentados na quarta-feira no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, para interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação, lê-se no comunicado.

Em março deste ano, Tribunal da Relação de Lisboa manteve em prisão preventiva mais seis elementos do grupo de motociclistas Hells Angels, depois de em fevereiro ter decidido manter a  medida de coação mais gravosa a 23 dos outros arguidos.

Dos 68 arguidos, 41 continuam em prisão preventiva.
Com esta decisão do Tribunal da Relação de Lisboa permanecem em prisão preventiva 41 dos 68 arguidos, sendo que um deles detido na Alemanha.

Os suspeitos estão indiciados, na sua generalidade, da prática dos crimes de associação criminosa, homicídio qualificado na forma tentada, roubo, ofensas à integridade física graves, ofensas à integridade física qualificadas, detenção de armas proibidas e tráfico de droga. Estão em prisão preventiva por suspeita de associação criminosa.

A operação decorre em vários pontos do país e tem por objetivo o cumprimento de 24 mandados de detenção.

A Polícia Judiciária vai emitir um comunicado ainda esta terça-feira.

O grupo Hells Angels nasceu nos Estados Unidos nos anos 40 e chegou a Portugal em 2002. Desde então, este grupo de 'motards' tem sido monitorizado pela polícia.

c/ Lusa

Tópicos:

Detenções, Hells Angels,

A informação mais vista

+ Em Foco

A Festa dos Tabuleiros regressa às ruas da cidade de Tomar. Um longo desfile em que 750 tabuleiros são transportados por mulheres.

    Os líderes europeus não chegaram a acordo sobre quem deve liderar a União nos próximos cinco anos.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.