Interrogatórios aos elementos dos Hells Angels prolongam-se por três dias

| País

Os interrogatórios dos 58 elementos detidos do grupo de motociclistas Hells Angels vão ser repartidos por hoje à tarde, sábado e domingo, disse à Lusa fonte do Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Lisboa.

Os interrogatórios de hoje começaram cerca das 16:00.

A juíza Maria Antónia Andrade decidiu dividir em grupos de cerca de 20 os arguidos detidos que vão ser ouvidos durante os três dias, após a identificação dos 58 elementos, que terminou pelas 07:00 de hoje.

Segundo fonte da defesa, poucos são os arguidos que vão prestar declarações sobre os factos de que estão indiciados, nomeadamente associação criminosa, tentativa de homicídio, roubo, ofensa à integridade física e tráfico de droga.

Um dos advogados presentes nas diligências disse aos jornalistas que o processo é composto por mais de quatro mil páginas.

Um 59ª elemento encontra-se detido na Alemanha.

A investigação do caso dos Hells Angels foi elaborada pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal e pela Unidade Nacional Contra-terrorismo da Polícia Judiciária e os mandados de busca e de detenção foram executados na quarta-feira.

A informação mais vista

+ Em Foco

O antigo procurador-geral da República do Brasil revelou à RTP que já recebeu várias ameaças de morte e defendeu uma reforma profunda do sistema político brasileiro.

Quando Ana Paula Vitorino indicou Lídia Sequeira, a economista ainda era gerente da sua empresa, o que viola a lei em matéria de incompatibilidades e o dever de imparcialidade.

Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

    O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.