Mais um caso confirmado de legionella. São agora 51

| País

|

A Direção-Geral da Saúde informou esta tarde que há agora 51 casos confirmados de doença dos legionários. O número de vítimas mortais mantém-se inalterado - cinco.

No boletim epidemeológico divulgado às 17h30, a Direção-Geral da Saúde diz que há 51 casos confirmados de legionella desde 31 de outubro de 2017. Todos com "história de doença crónica e/ou fatores de risco".

Ainda de acordo com a DGS, cinco pessoas morreram desde o início deste surto.

Treze pessoas já tiveram alta clínica, 26 estão atualmente internadas em Unidades de Cuidados Intensivos e uma está na urgência.

Os dados divulgados pela DGS indicam ainda que a maior parte das pessoas infetadas têm 70 ou mais anos e 59% são do sexo feminino.

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Doze meses depois da eleição presidencial de 8 de novembro de 2016, com Donald Trump ao leme da Casa Branca, os Estados Unidos mudaram. E o mundo afigura-se agora mais perigoso.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.