Mau tempo nos Açores provoca nove desalojados

| País

O mau tempo provocou estragos e desalojou nove pessoas nos Açores
|

O mau tempo provocou danos nos grupos central e oriental dos Açores e deixou nove pessoas desalojadas, quatro na freguesia de Santa Bárbara, três nas Cinco Ribeiras e duas nas Doze Ribeiras.

Os Açores estão em alerta amarelo até ao início da manhã desta segunda-feira.

No domingo, o mau tempo causou vários problemas em São Miguel, São Jorge e na ilha Terceira explicou à Antena 1 o presidente do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, Carlos Neves.



O mau tempo deixou vias obstruídas em São Miguel, São Jorge e na Terceira e provocou inundações em habitações desta última ilha.

Segundo o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), no grupo central, que estava sob aviso laranja, registaram-se na ilha Terceira "queda de andaimes, duas quedas de árvore, obstrução parcial de via por arrastamento de detritos na Estrada Regional na freguesia dos Altares e algumas inundações em habitações".

"Grande parte das ocorrências registadas foram resolvidas pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, em colaboração com os Serviços Municipais de Proteção Civil e a Direção Regional das Obras Públicas, não apresentando, para já, danos pessoais, apenas pequenos danos materiais", lê-se ainda na nota divulgada na noite de domingo.

Fonte do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) disse hoje à Lusa, às 07h15 (06h15 hora local), que "o estado do tempo melhorou nas últimas horas, não se tendo registado chuva forte".

Apesar da melhoria do estado do tempo, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) mantém o aviso amarelo para os grupos central e oriental até às 09h00 locais (10h00 de Lisboa).

A informação mais vista

+ Em Foco

Um dos nomes mais importantes da arte contemporânea está a preparar uma intervenção artística em Portugal. O criador chinês Ai Weiwei acredita que, no futuro, Hong Kong e Macau não vão ser controlados pela China.

Em entrevista à Antena 1 e ao Negócios, o secretário de Estado adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, diz que um entendimento à esquerda é mais natural.

    Começa a legislatura do Parlamento Europeu saído das últimas eleições. Conheça aqui os eurodeputados portugueses e as suas prioridades.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.