Medicamentos fora de prazo pouco reciclados

| País
Medicamentos fora de prazo pouco reciclados

Foto: Mohammed Salem - Reuters

Apenas 12 por cento dos medicamentos e embalagens abandonados foram reciclados em 2016.

Do total de embalagens e medicamentos vendidos no ano passado, apenas 12 por cento foram reciclados através do sistema de entrega nas farmácias de caixas vazias e remédios fora do prazo.

O número ficou aquém da meta que tinha sido estabelecida pela Valormed a sociedade que tem a responsabilidade de gerir estes resíduos.

A jornalista Isabel Cunha registou o pedido dos ambientalistas da associação Zero para que aquele número seja revertido.

A informação mais vista

+ Em Foco

A Redação da RTP votou sobre as figuras e acontecimentos mais destacados, a nível nacional e internacional. Veja aqui as escolhas.

    O embaixador russo em Lisboa afirma, em entrevista à RTP, que as declarações e decisões de Donald Trump sobre Jerusalém podem incendiar todo o Médio Oriente.

    Rui Rosinha, bombeiro de Castanheira de Pêra, sofreu queimaduras de terceiro grau e esteve dez horas à espera de ser internado. Foi operado 14 vezes e regressou a casa ao fim de seis meses.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.