Pais e funcionários assumem direção da Raríssimas

| País

Sónia Margarida Laygue, socióloga do trabalho, sucede a Paula Brito da Costa na presidência da associação Raríssimas
|

Foi eleita esta quarta-feira para a direção da Raríssimas uma lista constituída por pais de utentes e funcionários da associação. Sónia Margarida Laygue, socióloga do trabalho e mãe de uma criança com uma doença rara, sucede a Paula Brito da Costa na presidência da instituição.

A lista foi submetida esta manhã em assembleia-geral extraordinária da Raríssimas, uma reunião que se realizou no quartel dos Bombeiros da Moita e que teve início sem quórum ou qualquer lista candidata.
Diante dos associados presentes na assembleia-geral, Sónia Laygue disse-se “dedicada de corpo e alma”.
Entretanto, funcionários da associação e pais de crianças utentes da Casa dos Marcos juntaram-se para se candidatarem ao conselho diretivo.

A esta assembleia-geral compareceram apenas cerca de 30 dos 566 associados ativos da Raríssimas, ou seja, menos de cinco por cento. A lista encabeçada por Sónia Laygue colheu 18 votos a favor e quatro em branco, num total de 22.

Visivelmente emocionada, a presidente eleita da Raríssimas considerou “determinante” que a associação “continue a dar resposta a estas famílias que precisam”.


“Posso dizer que é mesmo fulcral na nossa vida. Na minha vida é essencial, é o meu dia-a-dia. Todos os dias estou aqui a fazer tratamentos com a minha filha”, enfatizou.

Para a vice-presidência foi proposto o nome de Mafalda Costa, outra mãe de um utente, para tesoureiro Rui Pedro Ramos, fisioterapeuta na Raríssimas, e para secretário António Veiga, psicólogo na Casa dos Marcos.

Da lista fazem ainda parte Fernando Alves, reformado e pai de uma criança com uma doença rara, e Rosália Santos, vogal suplente.

A assembleia-geral elegeu por voto secreto a nova presidente do Conselho Fiscal, Ana Paula Soares, atual diretora de recursos humanos e mãe de um menino com doença rara.

Os novos corpos sociais da Raríssimas tomam posse já na próxima sexta-feira, pelas 10h00, na Casa dos Marcos, localizada na Moita.

A assembleia-geral extraordinária desta quarta-feira foi convocada na sequência da saída de Paula Brito da Costa, depois da emissão de uma reportagem da TVI sobre alegadas irregularidades na gestão da Raríssimas.

c/ Lusa

Tópicos:

Associação, Direção, Paula Brito da Costa, Presidente, Raríssimas, Sónia Laygue,

A informação mais vista

+ Em Foco

Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

    Em entrevista exclusiva à RTP, Flávio, um dos filhos de Jair Bolsonaro, afirmou que o candidato do PT Fernando Haddad devia juntar-se a Lula da Silva.

    Na Venezuela, os sequestros estão a aumentar. Em Caracas, só este ano foram raptadas 107 pessoas.

      Faltam seis meses para a saída do Reino Unido da União Europeia. Dia 29 de março de 2019 é a data para o divórcio. A RTP agrega aqui uma série de reportagens sobre o que o Brexit pode significar.