Proteção Civil alerta para burlões na cobrança de multas

| País
Proteção Civil alerta para burlões na cobrança de multas

Pedro Nunes - Lusa

A Protecção Civil alerta para a existência de burlões que podem estar a tentar cobrar multas pela falta de limpeza dos terrenos florestais. Houve um caso em Viana do Castelo, em que o burlão exigia o pagamento de uma coima através da transferência para um NIB, sob pena de o valor da multa duplicar.

Em declarações à Antena 1, o comandante Marco Rodrigues, do Comando Distrital de Viana dos Castelo, diz à Antena 1 o que se deve fazer caso alguém se faça passar por um elemento da Proteção Civil.

A Proteção Civil recomenda aos cidadãos para que estejam atentos à situação e que denunciem estes casos às autoridades.

"A Autoridade Nacional de Proteção Civil adverte os cidadãos para a eventualidade de poderem ser abordados por estranhos, que, agindo de má-fé e fazendo-se passar por elementos da proteção civil, visem burlar os desprevenidos, fazendo-os crer na existência de coimas em seu nome devidas pelo incumprimento das obrigações legais de limpeza dos terrenos florestais de que são proprietários", refere a ANPC num comunicado enviado à agência Lusa.

À Antena 1, Marco Rodrigues esclarece que a GNR é a única entidade a fazer cobrança de coimbas, mas que essa cobrança nunca será feita por telefone, mas antes através pelo envio de um ofício formal.

A informação mais vista

+ Em Foco

No mês do Mundial de futebol a RTP faz uma radiografia da vida na Rússia.

    Entrevista a António Mateus para o programa "Olhar o Mundo". Veja aqui.

    Um olhar aos altos e baixos da relação entre o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un.

      Dados revelados no Digital News Report de 2018 do Reuters Institute.