Risco de pobreza em Portugal está em queda

por Antena 1

Pelo terceiro ano consecutivo diminuiu o número de pessoas com rendimentos considerados demasiado baixos.

O risco de pobreza afeta 17,3 por cento da população portuguesa.

É o que indicam os dados da plataforma estatística Pordata.

Se não existissem transferências sociais, como pensões de velhice e de sobrevivência, então a proporção de pobres representaria quase 45 por cento dos cidadãos.

Em declarações à jornalista da Antena 1 Marta Pacheco, o padre Lino Maia, presidente da Confederação das Instituições de Solidariedade admite uma melhoria mas frisa que há ainda muito trabalho a fazer, para combater a pobreza.

Lino Maia pede também mais atenção ao interior do país e ainda às periferias de cidades como Lisboa ou Porto, onde as instituições detetam situações de elevado risco de pobreza.